Currently set to Index
Currently set to Follow
You are here
Home > Blog >

Como Contratar um Freelancer

como contratar um freelancer

Quando o seu negócio digital começa a crescer, é hora de procurar uma ajuda extra, mas pode ser que você ainda não esteja pronto para contratar seu primeiro funcionário, convém então, contratar um freelancer.

Freelancers são diferentes de funcionários fixos em alguns aspectos significativos, por isso, veremos isso e vamos ajudá-lo a contratar um.

O que é um freelancer?

Os freelancers são trabalhadores autônomos que geralmente trabalham em casa ou em suas próprias instalações e tendem a trabalhar para vários clientes diferentes em projetos distintos, muitas vezes ao mesmo tempo. Muitos deles se enquadram na categoria de Microempreendedor Individual (MEI).

É provável que você encontre freelancers em mercados mais criativos, como redação de blog, design, fotografia e web design, edição de vídeos, etc. Como os freelancers são autônomos, você não precisa se preocupar muito com questões de contratação e transações burocráticas, tanto de pagamentos como de contratação.

Freelancers cuidam de suas próprios tributações governamentais e você fica ausente de uma contratação formal. É essa flexibilidade que pode te ajudar nas a conseguir uma mão de obra qualificada e mais barata.

Onde encontrar freelancers

Se você fizer uma pesquisa no Google, provavelmente encontrará uma série de sites que conectam contratantes com um freelancer, como por exemplo: PeoplePerHour, Workana, 99 Freelas, Guru, Upwork, entre outros.

No entanto, antes de decidir que todos os seus problemas de contratação foram resolvidos, vale a pena dar uma olhada mais detalhada. Muitos dos anúncios em sites deste tipo oferecem taxas muito baixas – embora isso possa ser ótimo para aqueles que estão apenas começando, freelancers que são mais experientes frequentemente evitam esses sites por esse motivo.

Uma maneira de contornar isso, é anunciar sua vaga ou job em outros sites de empregos e também no Linkedin. Embora esses sites não sejam voltados especificamente para freelancers, existem vários deles lá que poderão se candidatar para a sua vaga/job.

Também vale a pena usar sua rede pessoal para encontrar alguém. Se outros proprietários de pequenas empresas podem te recomendar um freelancer, então você será capaz de de acertar mais rapidamente na contratação de um bom profissional.

Quanto custa os serviços de um freelancer?

Pode ser difícil saber quanto um freelancer cobra, pois as taxas variam muito. Alguns cobram apenas R$ 30 hora, enquanto outros mais experientes, cobram na casa das centenas.

Uma das coisas mais importantes a fazer, é avaliar seu orçamento. Se você não puder contratar um freelancer mais caro, poderá dispensar qualquer freelancer que cobrar mais do que uma certa quantia.

Com freelancers, é importante ter em mente que muitas vezes você recebe pelo o que pagou. Se você está disposto a pagar apenas um valor baixo, é provável que acabe contratando alguém que é muito novo na profissão ou ainda é um estudante e a qualidade do trabalho que eles produzem pode não ser o que você esperava. Então avalie bem esta questão.

Além disso, pode ser benéfico construir uma boa relação de trabalho com um freelancer, de modo que, assim precisar das habilidades dele novamente, você saberá exatamente para onde ir. Aqueles que cobram muito pouco, muitas vezes começam a cobrar mais caro com o passar do tempo, então se você quiser continuar pagando uma taxa muito baixa, é improvável que você consiga contratar a mesma pessoa para vários projetos.

Se você ainda não tiver certeza, a melhor aposta é conversar com a pessoa que você está pensando em contratar, descobrir exatamente o que eles oferecem e quanto eles cobram.

Como escolher o freelancer certo

Assim como contratar um funcionário permanente, convém entrevistar o seu candidato a freelancer antes de decidir se vai contratá-lo ou não.

O processo de entrevista pode ser um tanto diferente do que você faria para um funcionário permanente. Geralmente, o freelancer vai ser contratado para tarefas mais pontuais, na qual ele leva seu conhecimento ao seu negócio sem a necessidade de ter que ser treinado por sua empresa.

Você também pode pedir que concluam um trabalho menor para você em forma de teste, para que possa avaliar a qualidade do que eles produzem e o tempo que levam.

Em última análise, a pessoa certa dependerá de você, do seu projeto e do seu orçamento, e pode levar um pouco de tempo antes de você encontrar alguém que se encaixe bem.

As legalidades de contratar um freelancer

Depois de encontrar o freelancer certo, é importante que você providencie a documentação certa, que neste caso, é um contrato de prestação/contratação de serviços. Ter um contrato significa que você e o freelancer estão legalmente protegidos caso as coisas dêem errado a qualquer momento.

Supondo que você pague metade do custo do projeto adiantado, mas então o freelancer desaparece. Se você tiver um contrato, ele pode ser responsabilizados legalmente sendo obrigado a responder. Então é uma boa ideia certificar-se de que você tenha um assinado antes de qualquer trabalho começar ou o dinheiro mudar de mãos.

E você, já trabalhou com um freelancer? Acompanhe o conteúdo de nosso site paceiro, o SJS Web Design.

Top